CRAZYFROG

Crazy Frog. A maior sensação da internet, agora em forma de pelúcia.

http://www.neodomain.net/pl_site/obabox

Tendo como fundo musical a música “É probido fumar” um pouco alterada, perdoe-me Roberto (o carlos), algumas perguntas vieram à minha mente. Por que é tão proibitivo o uso das ferramentas da internet como bate-papo instântaneo, acesso à páginas de relacionamento, contas de e-mail dentro do escritório?

O que mais se lê em sites de busca, fórum e que tais são as pessoas buscando meios ilícitos de burlar os bloqueios impostos pelas empresas em que trabalham, mas será que a liberalização do uso da internet pode afetar a produtividade?

Em pesquisa recente a empresa PixAlert, que tem como objetivo proteger redes corporativas de imagens ilícitas, revelou que um em cada quatro computadores em empresas possuem imagens pornográficas, constatando ainda que 35% das imagens foram baixadas diretamente de sites, enquanto 45,2% foram recebidas por e-mail.

O Google além das inovações no campo da Web tem agregado valor no campo do RH (contratação) e na manutenção da equipe fazendo com que o trabalho se torne uma experiência agradável e divertida de desenvolvimento profissional e pessoal.

A filosofia tem como base o [70%-20%-10%]. A primeira percentagem é o tempo que o funcionário deverá se dedicar exclusivamente ao Google; a segunda é a percentagem de dedicação a algum projeto pessoal não-relacionado ao Google; a terceira é o tempo em que o funcionário deverá deixar os dois primeiros de lado e se divertir muito. Diz a lenda que os chefes chegam a obrigar os funcionários a largarem o trabalho e cumprir fielmente o tempo pré-estabelecido para a diversão.

As empresas e empresários de plantão, que costumam limitar seus funcionários no uso de ferramentas de internet, devem estar torcendo os narizes , imagine dedicar 20% do dia para que o funcionário desenvolva projetos pessoais????

Prova de que os 20% funcionam é Orkut Buyukkokten criador do site de relacionamento que leva o seu nome.

Assista agora ao vídeo de uma entrevista realizada no escritório do Google Brasil realizado pela Mundo S/A.

Fonte:Fatorw, youtube

Caso não estaja visualizando, clique aqui >>>

Anúncios