You are currently browsing the category archive for the ‘O Grande Executivo’ category.

monge_executivo_04.jpg

O Executivo com roupas inadequadas, que conversa com porteiros, pescadores, ladrões e prostitutas, que prefere andar a pé, e não em limousines blindadas, com voz suave e mansa, olhos aglutinadores de massas e, ao mesmo tempo meigos, cuja presença não afasta e sim atrai, que não se impressiona com o que você tem, mas com o que você não tem.

Esse Executivo trabalha sem remuneração tendo como objetivo que a população a sua volta tenha acesso à riquezas como liberdade, felicidade e, principalmente, amor.

Todavia alguns dos seus sócios se mostraram irrequietos e enxergavam a grandeza do Executivo como uma ameaça, revolvendo não ouvir o conteúdo de sua oratória perfeita.

Não concordavam pois, costumeiramente, um Executivo não poderia se comportar e trajar daquela maneira e, era fato, que este andava com pessoas de menor classe social e cultura, nuances que um Executivo deveria enxergar por herança.

Mas, ainda assim, o Executivo sem se ater aos sócios maledicentes continuava sua oratória que aos poucos alcançava multidões cujo foco era incentivar e levar a todos ao sucesso.

O princípio do sucesso, explicado pelo Executivo, baseia-se na não-invidualização, doação voluntária de tempo, dinheiro, amor e paciência; redenção total de dívidas passadas, falência de sentimentos como orgulho, egoísmo, ódio, rancor, porfia e inimizade, dentre outras.

Como estratégia o Executivo trouxe-nos “A Arte do Amor” que nas primícias fora apenas falado e eternizado posteriormente em literatura que vocês encontrarão fácilmente nas boas casas do ramo.

O livro traz algumas palestras do Executivo com ensinamentos através de dinâmicas, parábolas, com leitura de fácil compreensão e discernimento rápido.

Em face ao crescimento exponencial da empresa, como efeito alguns dos sócios e aprendizes uniram-se contra as idéias do Executivo que já traziam déficit nas aplicações individuais destes, fazendo com que a dependência do povo pelas soluções para alcançar o sucesso fossem sendo substituídas pelas soluções libertárias do Executivo, desta forma , e após várias tentativas infrutíferas de corromper a oratória do Executivo, a solução encontrada pelos sócios e aprendizes deveria ser a mais drástica possível…

***continua na próxima semana***
Cursos Online

Fonte:o autor

Anúncios